Futuro da segurança pública nacional será discutido em São Paulo

Link:
Por: Michel Penna
12/03/2018 - 17:00:20
  • Autoridades e especialistas se encontrarão na capital paulista para o debate de soluções para o setor

  • A atuação das forças armadas na segurança pública e a segurança em grandes eventos e em manifestações populares serão alguns dos temas de destaque do VII Seminário de Segurança LAAD

As últimas determinações do Governo Federal para a segurança pública do país, como a criação do Ministério da Segurança Pública e a intervenção militar no Rio de Janeiro, agitaram o setor. Para discutir os desafios do segmento, autoridades, nacionais e internacionais, e especialistas se reunirão na cidade de São Paulo (SP), na maior feira de segurança pública e corporativa da América Latina, a LAAD Security.

Tradicional ponto de encontro deste mercado, o evento promove o VII Seminário de Segurança LAAD, que visa debater o futuro do setor no Brasil e encontrar soluções para suas necessidades. Realizado ao longo dos três dias de feira, de 10 a 12 de abril, das 09h às 18h, o seminário coloca em pauta temas atuais e relevantes do segmento.

Na terça-feira, 10 de abril, o módulo de Segurança Integrada abre a programação. Cybersecurity e Prevenção de Fraudes será um dos assuntos do dia, com o coordenador do programa de direito digital da Europe Cybercrime Community, Renato Opice Blum, às 13h30. Segurança em Grandes Eventos e em Manifestações Populares também será um dos destaques da tarde, com o consultor de desenvolvimento de treinamento da Headline Consultoria e Coaching, Camilo D'Ornellas, às 15h20.

Dia 11 será a vez da Segurança Pública, com temas como A Formação e A Defesa de Policiais, às 10h. A presidente da Comissão de Direito Penal Militar da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Larissa Torquetto, é uma das presenças confirmadas nesta discussão. Pouco depois, às 11h20, o instrutor-chefe do Centro de Instrução de Operações de Garantia da Lei e da Ordem, do 28º Batalhão de Infantaria Leve do Exército Brasileiro, o Major Valter Silva Cruz, dissertará sobre a Atuação das Forças Armadas na Segurança Pública.

Já no dia 12, a Segurança Corporativa assume o protagonismo do seminário. Dentre suas palestras exclusivas estará a de Prós e Contras da Terceirização em Segurança Corporativa, às 10h40, com a presidente da Associação Brasileira dos Profissionais de Segurança (ABSEG), Tatiana Diniz. Mais tarde, às 14h, o painel sobre Segurança em Infraestrutura Crítica, que abordará temas como a segurança ciber física nas empresas e as perspectivas futuras na segurança de infraestruturas críticas, com o diretor da Núcleo Consultoria, Tácito Leite, norteará o último dia da programação.

Segundo Leite, para que a proteção das infraestruturas críticas (que são as instalações de companhias de água, energia, telecomunicações, transportes e etc) seja ainda mais eficiente é preciso que a segurança das mesmas seja feita de forma cada vez mais integrada. "Estas são instalações essenciais para a sociedade, que não podem parar por motivo algum. É fundamental que possuam uma segurança eficaz, desde a segurança física até a segurança da informação, e a melhor forma de proporcionar esta proteção é por meio da segurança integrada", ressalta.

Para ele, outro fator essencial para garantir ainda mais qualidade aos serviços prestados por infraestruturas críticas é o investimento em inovações e em novas tecnologias. "Essas empresas precisam se modernizar cada vez mais, por meio do investimento em novos equipamentos e serviços, sistemas automatizados e informatizados, tecnologia da informação, entre outras melhorias. Com isso, sem dúvida nenhuma, a qualidade dos serviços oferecidos será ainda maior", completa o diretor da Núcleo Consultoria.


Comentários
Seja o 1° a comentar!

Nome:



Repita o código acima:


Comentário:

Máximo de caracteres permitidos 500/