Para especialista, liberação dos saques do FGTS terá impacto singelo na economia, em longo prazo

Link:
Por: Marcio Ribeiro
11/09/2019 - 13:20:22

A liberação do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) começa a partir do dia 13 de setembro. Os saques podem ser feitos por meio de contas ativas e inativas, nos valores de até R$ 500. A liberação, anunciada pelo governo em agosto, teve como principal motivação a movimentação da economia por meio do estímulo ao consumo. Para o Professor de Cenários Econômicos e Macroeconomia dos cursos de MBA da Faculdade Fipecafi, Silvio Paixão, os impactos dos saques em longo prazo será singelo, mas com efeito continuado, devido à recorrência da disponibilização anual de valores no mês de aniversário dos colaboradores com contas no FGTS.

O especialista explica que o momento ideal para aproveitar o recurso é assim que se adquire o direito ao saque de aniversário, tendo em vista que os juros monetários periódicos foram depositados nas contas do FGTS. Paixão acrescenta, ainda, que, após sacar o valor, a prioridade do indivíduo deve ser quitar as dívidas. "A priorização deve ser decrescente, então, primeiro deve-se amortizar 100% de dívidas e, se houver sobra de recursos, reforçar reservas financeiras de investimento; alternativamente à prioridade. Caso haja recursos remanescentes, é recomendável identificar bens de consumo que você realmente necessite", completa.

Sair fazendo compras é uma das últimas opções. De acordo com o Professor, como não há investimentos que possam gerar juros remuneratórios superiores àqueles gerados pelo custo financeiro de dívidas, o consumo deve ser a última opção de escolha dos beneficiários. "As finanças pessoais saudáveis são o exercício prático e contínuo de uma boa educação financeira. Portanto, a prudência na gestão do orçamento familiar e o bom senso ao investir as nossas riquezas resultam em paz de espirito e segurança patrimonial e financeira de nossas famílias, por um longo período", ressalta.

Além de quitar dívidas, investir e fazer compras, o FGTS pode ser uma porta de entrada para quem deseja adquirir seu primeiro imóvel, podendo ser utilizado para abater parte do valor. "Os valores depositados nas contas do FGTS podem, regularmente, ser usados para comprar imóveis, pelo valor total ou complementar, saldando os empréstimos imobiliários existentes" finaliza.

Sobre a Fipecafi


A Fipecafi foi fundada em 1974 por professores do Departamento de Contabilidade e Atuária da FEA/USP (Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo) e atua desde então como órgão de apoio institucional ao departamento. Dentre seus principais objetivos estão: a missão de desenvolver e promover a divulgação de conhecimentos da área contábil, financeira e atuarial, organizar cursos, seminários, simpósios e conferências, prestar serviços de assessoria e consultoria e realizar pesquisas, atendendo entidades dos setores público e privado. Mais informações: www.fipecafi.org.


Tags:
Comentários
Seja o 1° a comentar!

Nome:



Repita o código acima:


Comentário:

Máximo de caracteres permitidos 500/