Enem 2024: confira quais processos seletivos de instituições públicas e privadas usam o exame

Para se inscrever no Enem 2024, o prazo é até sexta-feira (7), com exceção aos candidatos do Rio Grande do Sul, que terão um prazo adicional a ser divulgado

Por Redação Oxarope
07/06/2024

Publicado em

oXarope1070624enem

O aluno que realiza o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) tem a chance de se candidatar a diversas oportunidades de ingresso no ensino superior no Brasil, destaca o Ministério da Educação (MEC). A pasta informa que com a nota do exame os postulantes podem disputar vagas em universidades públicas, assim como em instituições privadas de ensino.

Para aproveitar estas oportunidades, o interessado deve realizar a inscrição no Enem 2024 até esta sexta-feira (7), na Página do Participante. Candidatos do Rio Grande do Sul terão um prazo maior, que ainda será divulgado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

Prazo para se inscrever no Enem termina nesta sexta-feira (7)

ENEM: confira calendário e veja dicas de como se preparar para a prova

Após a realização da inscrição, a Página do Participante gera um boleto do Banco do Brasil para o pagamento da taxa de R$ 85 por quem não teve a isenção aprovada. Lembrando que moradores do Rio Grande do Sul têm isenção de taxa.

Como se preparar para as provas?

Willian Wallemberg, professor e coordenador de português do ensino médio, do colégio Objetivo do Distrito Federal (DF), informa que os estudantes têm um pouco mais de cinco meses para se prepararem para as provas, que serão aplicadas nos dias 3 e 10 de novembro.

“Para o aluno melhor se preparar, ele tem que tomar a postura de que várias áreas do conhecimento que ele está adquirindo não são simplesmente para ele fazer uma prova. Aquilo vai ser altamente significativo posteriormente na sua vida. E isso eu falo não somente sua vida acadêmica, mas sua vida profissional, sua vida social”, destaca.

O estudante do Colégio Objetivo DF Lucas Alves, de 17 anos, explica como está se preparando para realizar as provas do Enem.

“Ainda não realizei a prova do Enem, farei pela primeira vez neste ano. Estou me preparando com uma rotina de 3 a 4 horas de estudo, com cursinho. As minhas dificuldades são na área de química, principalmente. Mas em relação à prova, a dificuldade é com a administração do tempo”, pontua.

Confira como funciona cada seleção de acesso à educação superior no Brasil, segundo o MEC:

O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) reúne as vagas ofertadas por instituições públicas de educação superior em todo o país. Com a nota do Enem, o candidato pode concorrer a essas vagas.

O Programa Universidade para Todos (Prouni) oferece aos estudantes que fizeram o exame a oportunidade de obter bolsas de estudo integrais (100%) ou parciais (50%) em instituições privadas de ensino superior. Para concorrer à bolsa integral, o estudante precisa ter uma renda familiar bruta mensal de até um salário mínimo e meio por pessoa. Já para a bolsa parcial, a renda familiar bruta mensal deve ser de até três salários mínimos por pessoa.

O Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) oferece  financiamento para cursos em instituições privadas com taxas de juros reduzidas. Assim como outros programas, o Fies também utiliza as pontuações do Enem como critério de seleção. A escala de financiamento varia conforme a renda familiar do beneficiário.

Instituições portuguesas

O MEC ainda informa que para aqueles que querem  estudar no exterior, o Enem pode ser uma alternativa. Convênios firmados entre o Inep e as instituições portuguesas garantem um acesso facilitado às notas dos interessados a cursar a educação superior em Portugal.

Reportagem: Nathália Ramos Guimarães

1678540344banner-970x90-bello.png

Mais recentes

Eleições 2024: é possível votar sem o título de eleitor?

As Eleições Municipais 2024 ocorrem no dia 6 de outubro. E, no dia do pleito, os eleitores…

É possível recuperar o dinheiro que se perdeu num golpe do Pix

O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado do Ministério Público do Rio Grande do…

Enem 2024: confira quais processos seletivos de instituições públicas e privadas usam o exame

O aluno que realiza o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) tem a chance de se candidatar…

Deputado de palavra, Neto Carletto tem uma iniciativa louvável EunaPedro

Ver essa foto no Instagram Uma publicação compartilhada por Neto Guerrieri (@netoguerrierioficial) No dia 20 de junho…

Congresso mantém veto à criminalização de fake news, Vale tudo!

Na arena política do nosso país, onde a verdade e a ficção se misturam como numa novela…

Enem 2024: confira quais processos seletivos de instituições públicas e privadas usam o exame

Para se inscrever no Enem 2024, o prazo é até sexta-feira (7), com exceção aos candidatos do Rio Grande do Sul, que terão um prazo adicional a ser divulgado

Por Redação Oxarope
07/06/2024 - 21h21 - Atualizado 7 de junho de 2024

Publicado em

oXarope1070624enem

O aluno que realiza o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) tem a chance de se candidatar a diversas oportunidades de ingresso no ensino superior no Brasil, destaca o Ministério da Educação (MEC). A pasta informa que com a nota do exame os postulantes podem disputar vagas em universidades públicas, assim como em instituições privadas de ensino.

Para aproveitar estas oportunidades, o interessado deve realizar a inscrição no Enem 2024 até esta sexta-feira (7), na Página do Participante. Candidatos do Rio Grande do Sul terão um prazo maior, que ainda será divulgado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

Prazo para se inscrever no Enem termina nesta sexta-feira (7)

ENEM: confira calendário e veja dicas de como se preparar para a prova

Após a realização da inscrição, a Página do Participante gera um boleto do Banco do Brasil para o pagamento da taxa de R$ 85 por quem não teve a isenção aprovada. Lembrando que moradores do Rio Grande do Sul têm isenção de taxa.

Como se preparar para as provas?

Willian Wallemberg, professor e coordenador de português do ensino médio, do colégio Objetivo do Distrito Federal (DF), informa que os estudantes têm um pouco mais de cinco meses para se prepararem para as provas, que serão aplicadas nos dias 3 e 10 de novembro.

“Para o aluno melhor se preparar, ele tem que tomar a postura de que várias áreas do conhecimento que ele está adquirindo não são simplesmente para ele fazer uma prova. Aquilo vai ser altamente significativo posteriormente na sua vida. E isso eu falo não somente sua vida acadêmica, mas sua vida profissional, sua vida social”, destaca.

O estudante do Colégio Objetivo DF Lucas Alves, de 17 anos, explica como está se preparando para realizar as provas do Enem.

“Ainda não realizei a prova do Enem, farei pela primeira vez neste ano. Estou me preparando com uma rotina de 3 a 4 horas de estudo, com cursinho. As minhas dificuldades são na área de química, principalmente. Mas em relação à prova, a dificuldade é com a administração do tempo”, pontua.

Confira como funciona cada seleção de acesso à educação superior no Brasil, segundo o MEC:

O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) reúne as vagas ofertadas por instituições públicas de educação superior em todo o país. Com a nota do Enem, o candidato pode concorrer a essas vagas.

O Programa Universidade para Todos (Prouni) oferece aos estudantes que fizeram o exame a oportunidade de obter bolsas de estudo integrais (100%) ou parciais (50%) em instituições privadas de ensino superior. Para concorrer à bolsa integral, o estudante precisa ter uma renda familiar bruta mensal de até um salário mínimo e meio por pessoa. Já para a bolsa parcial, a renda familiar bruta mensal deve ser de até três salários mínimos por pessoa.

O Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) oferece  financiamento para cursos em instituições privadas com taxas de juros reduzidas. Assim como outros programas, o Fies também utiliza as pontuações do Enem como critério de seleção. A escala de financiamento varia conforme a renda familiar do beneficiário.

Instituições portuguesas

O MEC ainda informa que para aqueles que querem  estudar no exterior, o Enem pode ser uma alternativa. Convênios firmados entre o Inep e as instituições portuguesas garantem um acesso facilitado às notas dos interessados a cursar a educação superior em Portugal.

Reportagem: Nathália Ramos Guimarães

1

Mais recentes

Eleições 2024: é possível votar sem o título de eleitor?

As Eleições Municipais 2024 ocorrem no dia 6 de outubro. E, no dia do pleito, os eleitores devem se atentar aos documentos permitidos para exercer…

É possível recuperar o dinheiro que se perdeu num golpe do Pix

O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado do Ministério Público do Rio Grande do Sul (GAECO/MPRS) realizou mais uma etapa da Operação…

Enem 2024: confira quais processos seletivos de instituições públicas e privadas usam o exame

O aluno que realiza o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) tem a chance de se candidatar a diversas oportunidades de ingresso no ensino superior…

Deputado de palavra, Neto Carletto tem uma iniciativa louvável EunaPedro

Ver essa foto no Instagram Uma publicação compartilhada por Neto Guerrieri (@netoguerrierioficial) No dia 20 de junho de 2023, em duas sessões extraordinárias, a Câmara…

Congresso mantém veto à criminalização de fake news, Vale tudo!

Na arena política do nosso país, onde a verdade e a ficção se misturam como numa novela Gilberto Braga, o Congresso Nacional, Câmara e do…

Pesquisa exclusiva revela que maior número de fraudes é realizada em contas de pessoas jurídicas e no PIX

O Asaas, instituição financeira e conta digital completa para empresas, acaba de divulgar os dados do Censo de Fraudes Asaas 2023. O levantamento ressalta o…

Instituto de Cegos da Bahia celebrou seus 91 anos com mutirão gratuito 

Em celebração ao seu aniversário de 91 anos, o Instituto de Cegos da Bahia, realizou, no último sábado, 24 de maio, na sua sede, no…

Exporta Mais Brasil inscreve empresas de cacau e chocolate para rodadas de negócios

Empresas do ramo de cacau e chocolates interessadas em ampliar sua presença comercial no exterior têm até o dia 4 de junho para se inscrever…

Saldo do Fórum Mundial da Água: o repensar dos recursos hídricos para o mundo

Brasil trocou experiência com outros países e abre espaço para discussões futuros sobre Segurança Hídrica, Todos os participantes do Fórum se mostraram preocupados com o…

Estudo da FGV aponta caminhos para gestão de desastres climáticos em Itabuna

Os impactos dos desastres naturais, impulsionados pelas mudanças climáticas, têm se tornado cada vez mais evidentes em escala global. No Brasil, o recente evento de…

Como evitar o superendividamento? Especialista dá dicas para não ficar no vermelho

Prestes a completar 3 anos em julho, a Lei do Superendividamento (14.871, de 2021) trouxe regras e normas na concessão de crédito para o consumidor…

Obra premiada da artesã Mônica Vieira representou a Bahia na 1ª Mostra do Artesanato Brasileiro

Com a premiada obra Ogum, a artesã baiana Mônica Vieira representou com sucesso o Artesanato da Bahia na 1ª Mostra do Artesanato Brasileiro- Além das Fronteiras, realizada no Palácio do Itamaraty, sede do Ministério…

Pesquisa mostra qual o melhor horário para fazer exercícios físicos

Todos nós sabemos que fazer exercícios físicos é importante para a saúde da mente e do corpo. Mas, de acordo com os seus objetivos pessoais,…

Artigo de aluno e professor de Engenharia Elétrica da Madre Thaís é publicado em Simpósio Internacional

Um artigo do estudante Arthur Kazuo de Jesus Ikuta e do professor Pablo Fernandes Costa de Marinho, do curso de Engenharia Elétrica da Faculdade Madre…

Redução na sua conta de energia com a Heineken Energia verde

A Heineken, por meio de uma grande parceria, oferece a você redução na sua conta de energia.   Energia verde é a energia renovável, responsável…

Rolar para cima