É possível recuperar o dinheiro que se perdeu num golpe do Pix

Entrevista com o advogado Matheus Saback, especializado na área criminal e fonte para tratar do cibercrime do Golpe do Pix

Por Redação Oxarope
09/06/2024

Publicado em

oXarope1090624noticia1

O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado do Ministério Público do Rio Grande do Sul (GAECO/MPRS) realizou mais uma etapa da Operação SOS. O objetivo foi dar prosseguimento às investigações contra campanhas fraudulentas promovidas por grupos criminosos que induzem ao erro pessoas que desejam enviar donativos às vítimas das enchentes no Estado.

As fraudes envolvem a utilização de anúncios que impulsionam falsos pedidos de doações nas redes sociais, além do uso indevido de marcas e símbolos de órgãos do Executivo estadual. Também está sendo investigada a utilização de laranjas e empresas de fachada para ocultar a origem e a movimentação dos valores ilicitamente angariados. Foram cumpridas ordens judiciais determinando o bloqueio de chaves pix, contas bancárias e perfis em redes sociais.

Desde o início da Operação SOS, que conta com apoio do Núcleo de Inteligência do Ministério Público (NIMP), foram identificados 32 perfis relacionados a falsos pedidos de doações, bem como, dezenas de anúncios promovendo campanhas fraudulentas.

Golpes mais comuns

Segundo a plataforma gratuita de denúncia de golpes SOS Golpe, que já atendeu mais de 25 mil vítimas, a tática utilizada pelos golpistas de falsas doações não é nova. Os tipos de golpes identificados que se aproveitam do momento sensível do Rio Grande do Sul variam em método e podem ter o objetivo de prejudicar tanto quem quer ajudar quanto quem precisa de ajuda.

Intensificados durante este momento pelo qual passa o Rio Grande do Sul, os golpes do pix são classificados como estelionato, que “consiste em obter, para si ou para outrem, vantagem ilícita, em prejuízo alheio, induzindo ou mantendo alguém em erro, mediante fraude”, revela o advogado Matheus Saback, da Fonseca e Saback Advocacia, com atuação especializada na área criminal, e fonte para tratar do assunto, que diz que o cerne desse crime patrimonial é o emprego da astúcia para ludibriar terceiros e auferir alguma vantagem. Com a ajuda de um advogado especialista, a vítima pode se defender e buscar o ressarcimento do seu dinheiro.

Saiba quais são os cibercrimes mais praticados:

Roubo de dados pessoais

Que acabam sendo utilizados para que os golpistas invadam contas bancárias e se apropriem do dinheiro

Golpe por falsa central de atendimento

Que acontece quando a vítima é enganada e acredita estar em contato com uma instituição confiável, mas acaba cedendo seus dados ou fazendo transferências para os criminosos;

Perfil falso de whatsapp

Contexto em que os golpistas se passam por uma determinada pessoa, entrando em contato com amigos e familiares para solicitar dinheiro para situações urgentes;

Falsas promoções e ofertas

Quando a vítima é direcionada para um site fraudulento, onde é oferecida uma boa oferta, porém com o Pix como única forma de pagamento. Assim, a pessoa acaba pagando direito aos criminosos.

Qr Code ou Chave Pix falsas

Ocasião em que a vítima é induzida a transferir dinheiro para uma conta indevida.

Como iniciar o processo para recuperação do dinheiro?

Iniciar o processo de recuperação do dinheiro após um golpe do pix é mais simples do que parece, e é aqui que a ajuda de um advogado especializado pode ser muito útil. Basicamente, o processo envolve a coleta de todas as evidências possíveis, a documentação do golpe e a apresentação de uma reivindicação diretamente na justiça.

O que acontece durante o processo de recuperação do dinheiro?

Durante o processo de recuperação do dinheiro, seu caso será analisado e investigado. Isso pode envolver a análise de registros bancários, a verificação de correspondências e transações e a colaboração com autoridades financeiras e policiais.

Quais são os possíveis resultados do processo de recuperação do dinheiro?

Os resultados do processo de recuperação do dinheiro podem variar. Em alguns casos, a indenização poderá ser mais elevada a depender das circunstâncias. É importante, no entanto, ter em mente que é plenamente possível recuperar todo o valor perdido e ainda receber uma indenização do Banco. Para isso, caprichar nas provas e escolher um advogado especialista são providências importantíssimas a cumprir.

Conclusão: Recuperar o Dinheiro Perdido em Golpe do Pix

Ser vítima de um golpe do PIX é uma experiência traumática, mas não significa necessariamente que você precisa aceitar a perda. Existem ações que você pode tomar para tentar recuperar seu dinheiro e buscar justiça. Lembre-se, a ajuda de um profissional experiente pode ser inestimável neste processo.

1678540344banner-970x90-bello.png

Mais recentes

Empresas apostam na bioeconomia como modelo de desenvolvimento

Gerar produtos e serviços que sejam aliados à conservação e regeneração da biodiversidade é o princípio da…

Eleições 2024: é possível votar sem o título de eleitor?

As Eleições Municipais 2024 ocorrem no dia 6 de outubro. E, no dia do pleito, os eleitores…

É possível recuperar o dinheiro que se perdeu num golpe do Pix

O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado do Ministério Público do Rio Grande do…

Enem 2024: confira quais processos seletivos de instituições públicas e privadas usam o exame

O aluno que realiza o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) tem a chance de se candidatar…

Deputado de palavra, Neto Carletto tem uma iniciativa louvável EunaPedro

Ver essa foto no Instagram Uma publicação compartilhada por Neto Guerrieri (@netoguerrierioficial) No dia 20 de junho…

É possível recuperar o dinheiro que se perdeu num golpe do Pix

Entrevista com o advogado Matheus Saback, especializado na área criminal e fonte para tratar do cibercrime do Golpe do Pix

Por Redação Oxarope
09/06/2024 - 21h08 - Atualizado 9 de junho de 2024

Publicado em

oXarope1090624noticia1

O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado do Ministério Público do Rio Grande do Sul (GAECO/MPRS) realizou mais uma etapa da Operação SOS. O objetivo foi dar prosseguimento às investigações contra campanhas fraudulentas promovidas por grupos criminosos que induzem ao erro pessoas que desejam enviar donativos às vítimas das enchentes no Estado.

As fraudes envolvem a utilização de anúncios que impulsionam falsos pedidos de doações nas redes sociais, além do uso indevido de marcas e símbolos de órgãos do Executivo estadual. Também está sendo investigada a utilização de laranjas e empresas de fachada para ocultar a origem e a movimentação dos valores ilicitamente angariados. Foram cumpridas ordens judiciais determinando o bloqueio de chaves pix, contas bancárias e perfis em redes sociais.

Desde o início da Operação SOS, que conta com apoio do Núcleo de Inteligência do Ministério Público (NIMP), foram identificados 32 perfis relacionados a falsos pedidos de doações, bem como, dezenas de anúncios promovendo campanhas fraudulentas.

Golpes mais comuns

Segundo a plataforma gratuita de denúncia de golpes SOS Golpe, que já atendeu mais de 25 mil vítimas, a tática utilizada pelos golpistas de falsas doações não é nova. Os tipos de golpes identificados que se aproveitam do momento sensível do Rio Grande do Sul variam em método e podem ter o objetivo de prejudicar tanto quem quer ajudar quanto quem precisa de ajuda.

Intensificados durante este momento pelo qual passa o Rio Grande do Sul, os golpes do pix são classificados como estelionato, que “consiste em obter, para si ou para outrem, vantagem ilícita, em prejuízo alheio, induzindo ou mantendo alguém em erro, mediante fraude”, revela o advogado Matheus Saback, da Fonseca e Saback Advocacia, com atuação especializada na área criminal, e fonte para tratar do assunto, que diz que o cerne desse crime patrimonial é o emprego da astúcia para ludibriar terceiros e auferir alguma vantagem. Com a ajuda de um advogado especialista, a vítima pode se defender e buscar o ressarcimento do seu dinheiro.

Saiba quais são os cibercrimes mais praticados:

Roubo de dados pessoais

Que acabam sendo utilizados para que os golpistas invadam contas bancárias e se apropriem do dinheiro

Golpe por falsa central de atendimento

Que acontece quando a vítima é enganada e acredita estar em contato com uma instituição confiável, mas acaba cedendo seus dados ou fazendo transferências para os criminosos;

Perfil falso de whatsapp

Contexto em que os golpistas se passam por uma determinada pessoa, entrando em contato com amigos e familiares para solicitar dinheiro para situações urgentes;

Falsas promoções e ofertas

Quando a vítima é direcionada para um site fraudulento, onde é oferecida uma boa oferta, porém com o Pix como única forma de pagamento. Assim, a pessoa acaba pagando direito aos criminosos.

Qr Code ou Chave Pix falsas

Ocasião em que a vítima é induzida a transferir dinheiro para uma conta indevida.

Como iniciar o processo para recuperação do dinheiro?

Iniciar o processo de recuperação do dinheiro após um golpe do pix é mais simples do que parece, e é aqui que a ajuda de um advogado especializado pode ser muito útil. Basicamente, o processo envolve a coleta de todas as evidências possíveis, a documentação do golpe e a apresentação de uma reivindicação diretamente na justiça.

O que acontece durante o processo de recuperação do dinheiro?

Durante o processo de recuperação do dinheiro, seu caso será analisado e investigado. Isso pode envolver a análise de registros bancários, a verificação de correspondências e transações e a colaboração com autoridades financeiras e policiais.

Quais são os possíveis resultados do processo de recuperação do dinheiro?

Os resultados do processo de recuperação do dinheiro podem variar. Em alguns casos, a indenização poderá ser mais elevada a depender das circunstâncias. É importante, no entanto, ter em mente que é plenamente possível recuperar todo o valor perdido e ainda receber uma indenização do Banco. Para isso, caprichar nas provas e escolher um advogado especialista são providências importantíssimas a cumprir.

Conclusão: Recuperar o Dinheiro Perdido em Golpe do Pix

Ser vítima de um golpe do PIX é uma experiência traumática, mas não significa necessariamente que você precisa aceitar a perda. Existem ações que você pode tomar para tentar recuperar seu dinheiro e buscar justiça. Lembre-se, a ajuda de um profissional experiente pode ser inestimável neste processo.

1

Mais recentes

Empresas apostam na bioeconomia como modelo de desenvolvimento

Gerar produtos e serviços que sejam aliados à conservação e regeneração da biodiversidade é o princípio da bioeconomia, um modelo econômico que ganha cada vez…

Eleições 2024: é possível votar sem o título de eleitor?

As Eleições Municipais 2024 ocorrem no dia 6 de outubro. E, no dia do pleito, os eleitores devem se atentar aos documentos permitidos para exercer…

É possível recuperar o dinheiro que se perdeu num golpe do Pix

O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado do Ministério Público do Rio Grande do Sul (GAECO/MPRS) realizou mais uma etapa da Operação…

Enem 2024: confira quais processos seletivos de instituições públicas e privadas usam o exame

O aluno que realiza o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) tem a chance de se candidatar a diversas oportunidades de ingresso no ensino superior…

Deputado de palavra, Neto Carletto tem uma iniciativa louvável EunaPedro

Ver essa foto no Instagram Uma publicação compartilhada por Neto Guerrieri (@netoguerrierioficial) No dia 20 de junho de 2023, em duas sessões extraordinárias, a Câmara…

Congresso mantém veto à criminalização de fake news, Vale tudo!

Na arena política do nosso país, onde a verdade e a ficção se misturam como numa novela Gilberto Braga, o Congresso Nacional, Câmara e do…

Pesquisa exclusiva revela que maior número de fraudes é realizada em contas de pessoas jurídicas e no PIX

O Asaas, instituição financeira e conta digital completa para empresas, acaba de divulgar os dados do Censo de Fraudes Asaas 2023. O levantamento ressalta o…

Instituto de Cegos da Bahia celebrou seus 91 anos com mutirão gratuito 

Em celebração ao seu aniversário de 91 anos, o Instituto de Cegos da Bahia, realizou, no último sábado, 24 de maio, na sua sede, no…

Exporta Mais Brasil inscreve empresas de cacau e chocolate para rodadas de negócios

Empresas do ramo de cacau e chocolates interessadas em ampliar sua presença comercial no exterior têm até o dia 4 de junho para se inscrever…

Saldo do Fórum Mundial da Água: o repensar dos recursos hídricos para o mundo

Brasil trocou experiência com outros países e abre espaço para discussões futuros sobre Segurança Hídrica, Todos os participantes do Fórum se mostraram preocupados com o…

Estudo da FGV aponta caminhos para gestão de desastres climáticos em Itabuna

Os impactos dos desastres naturais, impulsionados pelas mudanças climáticas, têm se tornado cada vez mais evidentes em escala global. No Brasil, o recente evento de…

Como evitar o superendividamento? Especialista dá dicas para não ficar no vermelho

Prestes a completar 3 anos em julho, a Lei do Superendividamento (14.871, de 2021) trouxe regras e normas na concessão de crédito para o consumidor…

Obra premiada da artesã Mônica Vieira representou a Bahia na 1ª Mostra do Artesanato Brasileiro

Com a premiada obra Ogum, a artesã baiana Mônica Vieira representou com sucesso o Artesanato da Bahia na 1ª Mostra do Artesanato Brasileiro- Além das Fronteiras, realizada no Palácio do Itamaraty, sede do Ministério…

Pesquisa mostra qual o melhor horário para fazer exercícios físicos

Todos nós sabemos que fazer exercícios físicos é importante para a saúde da mente e do corpo. Mas, de acordo com os seus objetivos pessoais,…

Artigo de aluno e professor de Engenharia Elétrica da Madre Thaís é publicado em Simpósio Internacional

Um artigo do estudante Arthur Kazuo de Jesus Ikuta e do professor Pablo Fernandes Costa de Marinho, do curso de Engenharia Elétrica da Faculdade Madre…

Rolar para cima